EI, AMIGOLAS! NO TWITTER, O ADOLAR GANGORRA é "1 FILME EM UMA FRASE!"

EI, AMIGOLAS! NO TWITTER, O ADOLAR GANGORRA  é "1 FILME EM UMA FRASE!"
No Twitter, Adolar Gangorra é "1 Filme Em Uma Frase!" ( @UmFilmEmUmaFras ). Sim, amigolas! Adolar Gangorra vai ao cinema sem cueca pra pegar um ar gelado nas bolas e sempre dorme. Depois sai contando pra todo mundo só a parte que ele viu...

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Brasileiro não devolve NADA!!!

O Natal passou e, como sempre, é aquela correria do cacete, aquele desespero pra comprar presentes e mais presentes para a família, amigos e até pro pavoroso Amigo Oculto do trabalho.
Entretanto, fico pensando que as pessoas ganhariam MUITO mais presentes inesperados e à um custo ZERO se nessa época elas simplesmente DEVOLVESSEM tudo o que já pegaram emprestado de você e vice-versa. Seria uma fartura de objetos nunca vista em todas as casas do país. É cultural: brasileiro não devolve PORRA NENHUMA! Aquele livro que você adorava e, por isso mesmo, emprestou pro seu amigão na certeza que ele ia devolver duas semanas depois, agora passados 15 anos, surpreso, tu recebe ele de volta! Você fica emocionado, aliviado e feliz pra caralho e o seu "amigão" não gasta um centavo! Não é legal?
Você também teria que fazer a mesma coisa, pois você é brasileiro, né? É só dar uma olhada na sua casa com atenção e vai ver o que tem de coisas dos outros que você já nem se lembra mais, não se importa e está pouco se fudendo, né, seu malandrão?
Brasileiro é tão escroto em não devolver NADA que um dia caí na besteira de perguntar sobre um disco que tinha emprestado para um conhecido. O cara teve a manha de ficar PUTO comigo! Não gostou nenhum um pouco, o marginal. E os amigos que pegam alguma coisas com você e ainda emprestam pra outra pessoa?? Esse é um clássico da maletagem nacional! Emprestam, dão de presente, fazem tudo, MENOS cogitar em te devolver. Emprestou, dê adeus, meu chapa!
Seja uma simples chave de fenda ou a sua própria esposa o brasileiro não vai te devolver de jeito nenhum. Ele não se importa. Ele não acha feio. Para ele é normal. Um mês após a queda do Muro de Berlim uma velhinha alemã da então parte Oriental foi a uma biblioteca devolver um livro que ela tinha pegado emprestado antes de agosto de 61, data da construção do paredão, que a separou do órgão público. Um brazuca (termo mais escroto do caralho..) teria pensado: "Rá, rá, mi dei bein!"
Então, no próximo Natal, não precisa ficar preocupado com a fortuna que você vai ter que torrar. É só devolver tudo que você pegou e cobrar de volta tudo que já pilharam de você na vida e garanto que todo mundo terá o Natal mais feliz de todos os tempos!  


Adolar Gangorra tem 87 anos, é editor do site www.adolargangorra.com.br, e acha que "emprestado não é roubado e quem emprestou foi retardado!"

Nenhum comentário: