EI, AMIGOLAS! NO TWITTER, O ADOLAR GANGORRA é "1 FILME EM UMA FRASE!"

EI, AMIGOLAS! NO TWITTER, O ADOLAR GANGORRA  é "1 FILME EM UMA FRASE!"
No Twitter, Adolar Gangorra é "1 Filme Em Uma Frase!" ( @UmFilmEmUmaFras ). Sim, amigolas! Adolar Gangorra vai ao cinema sem cueca pra pegar um ar gelado nas bolas e sempre dorme. Depois sai contando pra todo mundo só a parte que ele viu...

domingo, 19 de março de 2017

SEU GATO VAI CHAPAR UM DIA, SABIA? O QUE FAZER?

Ter gatinhos de estimação é uma parada muito legal. Geralmente quem faz isso são mulheres e viados. Os gatos vivem média de 15 até 20 anos. Assim, "harará" uma hora fatídica em que o bichano vai esticar as canelinhas, vai chapar o melão, etc. Então, o que fazer para minimizar esse trauma, principalmente se você tiver crianças em casa?

Preocupado com essa seriíssima questã, este seu criado pensou em uma solução prática, barata e, acima de tudo, em consonância com o tempos modernos e sensíveis em que vivemos.

O lance é se antecipar à morte do seu gatinho fazendo para ele um ritual poético e belíssimo que, na verdade, é bem simples: monte uma pipa gigante, dessas que os chineses faziam e cole seu gato nela. Chame a criançada para te ajudar, vai ser uma grande e divertida brincadeira! Por outro lado, elas irão entendendo aos poucos esse triste e inevitável rito de passagem de dimensão cósmica do gnomo místico, do seu velho e querido felino de um modo lúdico e criativo!

Compre 4 metros de bambu, uns 20 metros de papel de seda (é para usar SÓ na pipa, valeu?), cola de sapateiro (olha lá, hein...?), algodão e um rolo de silver tape.

No eixo central de bambu, tente afixar seu bichano com o cuidado de deixar o cauda do brother de fora para amarrar a rabiola nele. Vai ser muito legal pois você vai ver uma pipa onde a rabiola vai se mexer automaticamente o tempo todo! Maneirão, né? Grude seu gato num estilo crucifixo (isso é importante para as crianças sacarem que é uma parada meio triste, meio religiosa, saca?) Mas, claro, nada de machucar seu gatinho, né? Ninguém aqui é um animal sem sentimentos! Enrole uns chumaços de algodão nos pulsos e nos tornozelinhos dele, e depois mande silver tape à vontade! Faça uma faixa de fita na cintura dele, mas atenção: deixe as patinhas traseiras livres para ele poder espernear à vontade e não destroçar a porra da pipa! O gato pode não gostar no começo, pode ficar meio agitado e pode querer arrancar seu nariz com uma unhada, etc. Mas quando a pipona começar a subir pelos céus ele vai curtir pois, como sabemos, gatos são curiosos para caralho e ele vai pensar "Mas que merda eu tô fazendo aqui, porra?"

Vá dando linha pra caralho, enquanto a petizada irá vendo ele subir para os céus. Eles podem pular e dar tchauzinho para o gatola, gritando "Tchau gatinho! Tchau, gatinho!" num ritual maravilhoso, super moderno e simbólico de morte!


Convenhamos que isso é MUITO melhor do que fazer aquele enterro escroto no seu quintal, com as crianças tristes e confusas chorando de um lado pro outro ou simplesmente tacar ele num saco plástico preto e despejar o bicho durão na lixeira do seu prédio. Cadê o respeito com seu amigão, hein?

Vá dando linha, dando linha até não poder mais. Quando aquela pipa gigante virar apenas um pontinho no céu, aí você corta a porra da linha de repente e deixe o resto com os ventos do destino! Que lindo, não?

A pipa pode cair no mar? Pode, não vamos mentir. O vento pode bater e atirar a pipa direto numa linha de alta tensão transformando Sebastian num pedaço de carvão peludo? Pode, essas coisas acontecem, infelizmente. Aconselhamos também você a não empinar a pipa em cima de alguma favela pois se ela cair lá, não tem outra: as molecada ganha uma pipa novinha e a comunidade, um churrasco fresquinho e ainda um tamborim novo! Fazer o quê? Temos que respeitar a "apropriação cultural" de todos os povos, por mais distantes que sejam da gente, né? Mas também há uma boa chance de a pipa cair suavemente no quintal de uma senhora solitária doida para ter um gato velho para ela cuidar até o final da sua sétima vida. Não é muito melhor assim?


Essa foi mais uma contribuição de "Adolar Gangorra - Soluções Modernas Para Problemas Antigos". 


Muito obrigado.


Adolar Gangorra, tem 87 anos, é editor da página "Adolar Gangorra" no Facebook e a única vez que atirou um pau num gato o filha da puta inventou de morrer...

Nenhum comentário: